certificado ssl

02.2. Como instalar Certificado SSL grátis no WordPress com plugins

Olá meus amigos verdadeiros, espero que todos estejam bem!

Nesse video explico como instalar o certificado de segurança SSL em cada projeto para cifrar a conexão com o servidor.

Essa é a aula 5 e se você chegou até aqui e enfrentou todas as dificuldades anteriores, você é um guerreiro com sangue Verdadeiro!

Hoje, nossa troca de informações será de como instalar certificado SSL grátis e ativar as direções necessárias no WordPress. Ainda não sabe a importância de ter SSL no seu site? Esse artigo é exatamente voltado para você.

Com o avanço e popularização da internet, as exigências tanto por parte de plataformas de pesquisa (Google) ou até mesmo por parte dos nossos usuários, aumentaram bastante. E quer que eu seja sincero? Isso é ótimo.

Ainda somos reféns de ataques virais de toda parte do Mundo. Estar protegido tanto dentro das diretrizes de segurança do Google, quanto ações de defesa para além do básico. Instalar o Certificado SSL pode parecer bobeira, mas tem função importante para que sua webpage se mantenha segura e passando confiança a seu tráfego.

Por que meu site deve ter SSL?

SSL ou Secure Socket Layer é um termo que descreve uma “Camada de segurança” comprovada. Digamos que para além de certificar, o SSL contém um mecanismo à base de código (criptografia) que gera essa camada de proteção que apontamos acima. 

Na grande realidade, o Google vem nos alertando da necessidade de se ter SSL em seu site desde 2014… Isso mesmo! Em 2018 virou regra ter SSL instalado no seu site. Para além de gerar maior segurança ao usuário, ter o Certificado SSL no seu site também significa estar se protegendo.

No mais, para você que ainda não trocou o antigo HTTP pelo HTTPS, saiba que logo menos isso lhe custará caro. O Google mesmo, pode penalizar o seu site por não ter o CertificadO SSL!

Agora você entende a necessidade de se ter o certificado SSL? Então vem com a gente e aprenda todo processo de instalação.

Agora que você já entendeu e está preparado para instalar o certificado SSL para seu site, vamos explicar alguns pontos antes da ação. Primeiro você precisará gerar um código CSR no cPanel e logo após, você instalará o SSL em seu site! 

Tudo pronto? Vamos lá!

Aprenda a gerar um código CSR no cPanel

Veja abaixo o passo a passo da nossa primeira etapa! Aprenda a gerar o código CSR.

1- Estejam atentos

Esse é um processo de nível intermediário, logo, precisamos de toda sua atenção. Faça os passos com calma e esteja atento! Faça no seu tempo… Lembre que por aqui, você pode voltar e refazer tudo novamente quantas vezes for necessário, até acertar. 

Eu, Tico Santos… Acredito em sua capacidade!

2- Acesse o Cpanel para iniciar a Instalação

Abra o Cpanel. Geralmente, a maioria das hospedagens oferece um “painel de controle”. Lá você terá acesso a todas as ferramentas e principais acessos internos de seu site.

Não sabe adentrar no seu cPanel? Entre em contato com o suporte da sua hospedagem! Eles lhe darão o passo a passo correto para acessar seu cPanel. Vale lembrar, que o cPanel costuma ser muito parecido em todas as hospedagens, o que muda é maneira de se adentrar nesse espaço.

3- Segurança e clique em SSL/TLS

Agora você precisará clicar em Segurança;Gerenciador SSL/TLS.

Fique atento, estamos avançando! 

4- Gerenciador SSL/TLS

Perceba que não tem tanta dificuldade! Clique em “Gerar, visualizar, fazer upload ou excluir suas chaves particulares.”

5- Gerar uma nova chave

Clique na aba: “Gerar nova chave”

6- Insira o “Nome de domínio”

Nesse momento, você só precisará preencher com seu domínio de maneira direta. Quer um exemplo?

meudominio.com.br

meudominio.com

Com esse domínio que você terá acesso e gerará registro CRS para sua webpage

Escolha a opção de Tamanho de Chave: 2048.

Aperte o botão gerar.

7- Preencha as informações relevantes

Sabe aquele momento que você precisa responder uma pá de perguntas? Essa etapa será exatamente esse momento de ação. Se você tiver alguma dúvida em relação ao preenchimento das informações desejadas, veja abaixo um exemplo de como deve ser preenchido.

  • Host – Informe o domínio que você apontou ao gerar o CSR;
  • País – Aponte o país que estiver;
  • Estado – Digite por extenso o Estado que sua Empresa se encontra localizada;
  • Cidade – Qual Cidade residencial da sua empresa?
  • Empresa – Coloque o nome do seu empreendimento como consta no CNPJ
  • Divisão da Empresa – Coloque o segmento da sua empresa, o segmento de quem está fazendo o serviço ou até mesmo deixe em branco;
  • E-mail – Coloque o seu melhor E-mail.
  • Frase de Passagem – Gere uma senha (código). Lembre de deixar anotado em algum lugar;

Espero que você tenha respondido com cuidado e atenção. No mais, você anotou a senha? Você irá precisar.

Clique em gerar CSR!

8- Copie todo o conteúdo do CSR

Agora, você percebeu que abriu uma janela com o CSR gerado, certo? Você precisará copiar todo o conteúdo do CSR descrito na janela aberta.

Aprenda a instalar SSL no cPanel:

1-  Abra sua conta  no CPANEL

Já está com o cPanel aberto? Se não, corra para o cPanel e siga nossa dica logo abaixo! Mantenha o foco… Agora falta bem pouquinho.

2- Vá para a seção Segurança e selecione SSL/TLS

Agora precisamos que você clique na “seção Segurança” e escolha a aba “SSL/TLS”. Se encontrou aí? É fácil, certo? Vamos prosseguir…

3- Clique em “Gerar, exibir, fazer upload ou excluir certificados SSL”

Como citamos no passo três para gerar SSL no seu site de maneira fácil, abra a aba > “Gerar, exibir, fazer upload ou excluir certificados SSL”.

4- Escolher arquivo

Lembra daquele arquivo que criamos no primeiro passo a passo? Aquele que ensinamos a gerar um código CSR no cPanel. Copie e cole todo o conteúdo do CRS neste momento.

Após fazer isso, clique em “Salvar Certificado”.

5- Gerenciar sites SSL

Agora você precisará retornar para a página “TLS/SSL”. De lá, você precisará clicar na aba “Gerenciar sites SSL”. 

6- Selecione o domínio que você deseja

Agora é fácil! Selecione o domínio que você deseja inserir o Certificado SSL. Lembrando que esse é o mesmo domínio que você colocou no nosso primeiro passo a passo acima. 

7- Certificado SSL correspondente

Geralmente, os dados necessários nessa etapa será preenchido “sozinhos”. Caso não, você terá que copiar o conteúdo do seu certificado e colar no local indicado; a mesma coisa terá que fazer com a Chave gerada.

8- Instalar certificado

Pronto! Agora é só você clicar em “instalar certificado”. Demorará poucos segundos até que tudo seja resolvido. 

Portanto, nosso passo a passo de instalar o certificado SSL grátis pode nos ensinar bastante informações valiosas. Todos os passos acima, faz com que você já consiga deixar seu site seguro e sem risco de ser penalizado por falta de Certificado SSL. Quer direcionar 

Ainda está com alguma dúvida? Veja nossa aula completa no Youtube. O vídeo está ali em cima!

Não esqueça de deixar seu Feedback dizendo se o artigo lhe foi útil! 

wordpress e cpanel

02.1. Instalando o WordPress no Cpanel e conectando o domínio com hospedagem

Olá amigos verdadeiros! Ótimo dia para você.

Nesse video explico o que temos que fazer para instalar o WordPress através do CPANEL no nosso servidor. Também mostro como apontar nosso dominio ao nosso servidor para conectar e deixar o site funcional!

Hoje o nosso assunto exigirá um pouco mais de paciência, força de vontade e prática. Ensinaremos um passo a passo de como instalar o wordpress no cpanel e também como conectar o domínio com a hospedagem. O WordPress se preparou a anos para esse grande momento que vem vivendo. Você enfrentará um processo fácil e prático, mas que exigirá foco.

O WordPress tem lá sua fórmula mais ágil e didática de ser. Os processos são intuitivos e arriscaria dizer que só é preciso um mapa para o caminho e prática! No início, tudo é novidade e um tanto quanto difícil. Entretanto, venha com a gente e descubra de maneira didática e simples esses processos mais técnicos que acabam sendo um bicho de 7 cabeças para muita gente!

Vamos lá! 

Passo a passo para conectar o domínio com a hospedagem

Que tal começarmos do que podemos localizar como o marco zero para construção de sua plataforma digital? Conectar seu domínio com a hospedagem adquirida, pode realmente dar um nó na cabeça. Mas em primeiro momento, apenas mantenha a calma! Você conseguirá.

1- Configurar o servidor de hospedagem 

Antes de você apontar o domínio para hospedagem, precisará configurar (preparar) o servidor de hospedagem para receber o domínio contratado. Em alguns casos, você contratará o domínio na mesma empresa que contratou a hospedagem. Nesse caso, já estará configurado e apto para uso.

Caso contrário, você precisará configurar sua hospedagem para encontrar o domínio. É bem rápido. Acesse o painel de controle (Cpanel) e “clique em Addon domains ou Domínios de complemento”.

Pronto! Após localizar o espaço indicado para colocar o novo domínio, é só inseri-lo! Agora sim sua hospedagem está esperando receber determinado domínio. Asua hospedagem está configurada! 

2- Apontar o DNS do domínio 

Vamos a segunda etapa? Agora que sua hospedagem está configurada e pronta, será mais tranquilo. Porém, vale lembrar que esse é o processo mais importante: Apontar o DNS do domínio para o servidor de hospedagem. Este momento é o que liga, de fato, o seu domínio com a sua hospedagem. É o que colocará o seu projeto online!

Acesse o painel de controle da empresa na qual você comprou o domínio. Lá, clique no domínio desejado. Após abrir a nova página, busque pelo comando de “Alterar servidores DNS”.

Agora é o momento de inserir o que chamamos de valores de ns ou nameserver. Esses valores são dados dados pelo suporte de sua hospedagem (Com o tempo você terá esses apontamentos guardados).

Os valores podem conter duas ou mais entradas. Veja o exemplo abaixo:

  • ns01.hospx.com.br 
  • ns02.hospx.com.br 
  • ns03.hospx.com.br

Coloque no campo “TIPO A” e assim subsequente. Está pronto! Agora você só precisa clicar em “salvar”.

3- Aguardar a propagação do DNS 

É super normal após fazer esses apontamentos, corrermos para ver se deu certo… Mas fique tranquilo! Os apontamentos demorarão cerca de 2 a 24 horas para propagarem seu DNS na internet. 

Caso após esse período a propagação não ocorra, entre em contato com o suporte de sua hospedagem. 

Passo a passo para instalar o wordpress no cpanel

Ah o Cpanel! Se vocês soubessem como era bem mais difícil a vida na internet sem ele. O Cpanel é realmente uma mão na roda. Vamos aprender a instalar o wordpress no cpanel? 

Ter o controle do seu Cpanel significa melhores resultados, velocidade e até mesmo segurança. O Cpanel será importante tanto para o Marketing, manutenção, usabilidade e até mesmo para SEO. 

[ APRENDA A INSTALAR O WORDPRESS NO CPANEL]

  1. Acesse o painel do cPanel

Faça o login na plataforma em que você contrator o seu servidor. Feito isso, entre no Cpanel de sua hospedagem¹.  O Cpanel terá variação de acordo com a hospedagem em questão, porém, todas têm uma enorme proximidade. 

  1. Baixe a versão mais recente do WordPress

Você precisará fazer download da versão atualizada do wordpress. A boa notícia é que você consegue baixar o WP através do site oficial¹; Tudo isso gratuitamente!

  1. Entre no cPanel em “Data Bases”

Entre em [Data bases]¹ e após esse momento, clique em [MySQL]². Você provavelmente terá que nomear o seu banco de dados³. Após isso, crie um Login e senha(4). Não se esqueça de permitir total acesso sobre o banco de dados(5).

  1. Faça o upload dos arquivos do WordPress

Entre no Aplicativo > “File Manager”¹. Você irá encontrar no seu cPanel, acessando a opção > “web root”²;

  1. “Upload”

Abrirá uma nova interface. Na interface aberta clique em [UPLOAD]¹ e selecione o arquivo .zip baixado do WordPress² anteriormente para a máquina; Você irá subir o arquivo do wordpress no Cpanel.³

  1. Extraia o conteúdo

[Volte à tela inicial]¹ e extraia o conteúdo adicionado à plataforma²; Pode começar a se animar! Falta pouco, Verdadeiro. Mas mantenha a concentração³.

  1. Procure a pasta WordPress

Você conseguirá encontrar a página [Wordpress]. e mova todos os arquivos para a pasta “public_html”;

  1. Preencha o texto 

Chegou o grande com “/public_html/; Após isso, você poderá deletar a [pasta WordPress] e também os [arquivos “license.txt”], o zip e também o [readme;]

  1. Inicie a instalação

Você iniciará a instalação e, por fim, nomeie o blog e crie o usuário do administrador.

  1. Abra o link 

Abra o link em seu navegador e pronto! Terá sua confirmação! O wordpress está instalado com sucesso.

Portanto, o artigo de hoje pode ensinar para vocês, como instalar o wordpress no Cpanel e também o passo a passo para conectar o domínio com a hospedagem em questão. Uma aula importantíssima para dar os primeiros passos na Internet. 

Clique aqui e faça parte do melhor curso de SEO do Brasil e gere tráfego qualificado diariamente!

o que e hosting

01.3. Tudo sobre hosting: Orientações de como escolher hospedagem

Olá amigos verdadeiros!

Hoje abordaremos um dos temas bases para iniciar um projeto duradouro dentro da Internet. Você precisará de orientações para aprender como escolher uma hospedagem Top. Como vocês sabem, a idéia de cada artigo nosso é informar sobre como montar um ótimo projeto na internet.  Falamos de todo básico preciso para ter um projeto bem-sucedido.

O SEO de Verdade surgiu a partir da necessidade notável que muito de nós ainda temos, para gerar tráfego orgânico. Pagar por anúncios é uma ação cara e viciosa. Durante o artigo citaremos Dicas de como sua hospedagem pode potencializar seu site frente às diretrizes do Google.  Venha com a gente e descubra essa e mais dicas sobre como escolher seu hosting.

Vamos lá! 

O que é hospedagem? 

Se você quiser ter um site online na internet, precisará de dois pontos fundamentais. Você precisa de um domínio, como falamos no nosso vídeo dois (depois dá uma olhada) e também de uma hospedagem. Sem esses dois fatores você não terá seu projeto na Internet.

A hospedagem (ou hosting) tem a funcionalidade de guardar os dados da sua plataforma online. Da mesma maneira que o domínio representa “sua casa/seu endereço”, a hospedagem representa “o terreno onde você irá construir seu site”. 

Você até poderá migrar seu site caso não se adeque a hospedagem escolhida. Porém, é importante seguir algumas orientações antes de escolher sua primeira hospedagem. O que muita das vezes acontece é a “dúvida sobre qual hospedagem escolher”. De início, vale os parabéns: Só os tolos não geram dúvidas sobre o caminho a escolher. 

Mas agora venha com a gente e descubra como escolher sua hospedagem e “ganhar pontos em SEO”! 

SEO: Como escolher uma boa hospedagem para site

“Tico, a hospedagem que eu escolher vai influênciar em SEO?”

Com toda certeza! A hospedagem irá lhe trazer consequências positivas ou até mesmo negativa, dependendo da qualidade do hosting escolhido. Você não tem tempo a perder com uma Empresa de hospedagem ruim. 

Alguns motivos do por que sua hospedagem influência no resultado em SEO:

  • Page speed
  • Latência
  • Segurança
  • Disponibilidade
  • Tempo de recuperação 
  • Como se comporta com muito tráfego
  • Entre outros

Dicas Top na hora de comprar sua hospedagem

A Internet é totalmente dinâmica e criadora de novos líderes, portanto, a idéia não será apresentar nomes de boas hospedagens. É bem mais que isso! 

Minha idéia com esse artigo é fazer com que você obtenha a sabedoria de escolher uma boa hospedagem. Se amanhã ou depois, uma determinada hospedagem parar de apresentar um bom serviço, você sempre saberá escolher um hosting a altura.

Vamos as dicas Tops?

Venha com a SEO de verdade e aprenda agora mesmo orientações para ajudar na compra de sua hospedagem! 

  • Vale lembrar que não farei propaganda de nenhuma hospedagem! –

1.0 – Quanto de espaço para armazenamento você está contratando?

Saber a quantidade de espaço incluído no plano de hospedagem que você está pensando em contratar é fundamental! Tudo terá a variável do seu projeto, tamanho do site e condição financeira atual. Entretanto, é importante saber pelo que se está pagando.

Existem hospedagenss de:

  • 50 GB
  • 100 GB
  • 150 GB
  • 300 GB
  • Contagem de espaço através do número de sites
  • E ilimitado.

Qual sua necessidade? Existem páginas de vendas compactas e até sites com diversas ferramentas e exigências. Os dois exigem espaços totalmente diferente e isso também deve influenciar  na sua escolha. 

2.0 – Uptime – A hospedagem adequada não pode cair toda hora

Se eu entrasse em um site seu agora mesmo, ele estaria online? Seu site ficou offline em alguma parte do dia? No pico de uso ou pela madrugada ele continua funcionando?

Isso é muito importante em todos os requisitos. Sites fora do ar não passam autoridade. Gera desconforto ao cliente e mais do que isso, não fica bem visto frente aos algoritmos do Google. 

Que plataforma de pesquisa mostra um site que toda hora cai, como resultado para determinada busca de usuário? Nenhum!

3.0 – Limite de tráfego

Você sabia que em algumas hospedagens você paga a quantia determinada pela quantidade de tráfego que seu site gerou? Existam alguns nichos que exigem bem menos tráfego. Consegue gerear imensa renda com 20 ou trinta acessos seletos e bem sublinhados. Entretanto, essa não é a realidade desejada na maioria das vezes. A maioria dos projetos na internet exige ou busca um grande número de tráfego, mesmo que qualificado. Logo, tráfego qualificado é dinheiro! 

Dentro da lógica citada acima, evite contratar hospedagens que tenha seu valor taxado pela quantidade de tráfego que acessa sua plataforma. Com um bom SEO, isso pode lhe custar caro.

4.0 – Os perigos de Segurança e a sua Hospedagem

A internet é um mundo que ainda engatilha com suas leis, por mais que alguma delas já existam. Após muita pirataria feita em cima dos conteúdos valiosos gerados através da SEO de Verdade, aprendi a me defender. Isso sem falar nos ataques de malwares, backlinks degradativos apontando para meus sites (técnica suja da concorrência), entre outros ataques. Você precisa estar preparado!

Estar preparado significa ter uma hospedagem que lhe apresentem bons resultados de defesa de seu usuário. Existem hospedagens que fazem auto save (backup) diariamente. Enquanto algumas lhe cobram a mais, caso você peça mais de um backup mensal. 

Busque no Google sobre o sistema de defesa da hospedagem desejada!

5.0 – Suporte ao cliente

Você precisa buscar informações sérias sobre o suporte dado ao cliente em sua hospedagem. Se não fizer isso, estará fadado a passar raiva ou esperar dias até que pequenos problemas sejam resolvidos. Uma hospedagem que se preze, precisa demonstrar um bom reclame aqui. 

Não adianta apenas ver a nota da empresa. Busque os comentários dos usuários. Isso será um excelente termômetro sobre a qualidade da hospedagem.

6.0 – Custo x benefício

Junte as alternativas acima, ponha seu orçamento em xeque e faça um balanço sobre o custo x benefício de cada hospedagem oferecida. 

Se você tiver um bom caixa para investimento, optar por uma hospedagem ilimitada já pensando em outros possíveis projetos, é uma boa escolha. Ter um orçamento apertado e escolher por iniciar com uma landing page também fala um pouco do processo de escalada do sucesso.

Às vezes determinadas questões nos limitam, mas não podemos ficar estáticos frente a elas. Precisamos fazer acontecer. Que tal pensar assim na hora da escolha de sua hospedagem.

7.0 – Dica SEO DE VERDADE para Hospedagem

Existe um termo chamado latência que poderá ter um diferencial real. A latência é medida através do tempo de resposta entre o usuário (tráfego) que entra no seu site e a sua hospedagem. O tempo entre a hospedagem responder ao usuário é chamado de latência.

Muitos fatores influenciam a latência, entre eles, a qualidade de sua hospedagem em relação a todos os motivos citados acima + a distância entre onde se encontra o usuário e a hospedagem. Logo, por essa lógica os projetos situados no Brasil ganham ponto quando estão alocados em uma hospedagem nacional.

Entretanto, como falamos, existem diversos fatores que envolvem uma boa hospedagem. Não adianta ter uma boa latência na hospedagem, só que nos outros pontos ela responder de maneira negativa. Por esses fatores, muitos Empreendedores digitais buscam hospedagens gringas. 

Portanto, nossa conversa mostrou como escolher uma hospedagem que impulsionam seu projeto ao sucesso. Para além de guardar os dados de seu site, a hospedagem é responsável por diversas funções e métricas como demonstramos acima.

Quer aprender a gerar tráfego qualificado? Venha aprender no melhor curso de SEO em português. 

o que e um dominio

01.2.Fatores SEO de dominio

Olá, verdadeiros!

Ainda há diversas dúvidas que tangem na escolha dos domínios e levantaremos as principais delas. Um domínio, muitas das vezes é o primeiro encontro do seu tráfego com sua marca. Como fazer algo atrativo e ao mesmo tempo dentro das normas e necessidades de Search Engine Optimization? Venha com a gente e aprenda do básico ao hack: Dicas fundamentais sobre domínio e SEO!

Qual tamanho pode ter um domínio? Como escolher um domínio que ajude em SEO? Qual a extensão deve ter meu domínio? Essas e outras perguntas serão trabalhadas e respondidas durante nossa conversa sobre domínios e como usar eles para ajudar nas técnicas de SEO! Estão preparados?

Então chega mais e aprenda como escolher um domínio potente para ajudar em SEO!

O que é domínio?

O domínio é um “nome de endereço” comprado, para que você tenha seu site na Internet. Pense que é como o endereço da sua Empresa. Ao usar um navegador e escrever o Domínio no local indicado, o usuário será levado até ao site de seu empreendimento. É simples! Seu domínio é como um endereço, seu site é já seria algo como a “loja do seu projeto”.

Os domínios surgiram a partir da necessidade de se ter um código amigável, tranquilo para se recordar, de mais fácil compreensão e atração. Já pensou mais uma sequência de números para guardar? Seria realmente complicado, principalmente pela quantidade de sites que entramos cotidianamente.

Você terá total liberdade para escolher o e-mail da sua empresa, desde que ele já não esteja sendo usado por outra pessoa física ou jurídica. Logo, como escolher um domínio que realmente possa vir a ajudar na conquista de tráfego através de SEO?

Como escolher um domínio que ajuda em SEO? 

Nos primordiais do SEO há anos atrás, era fundamental ter a principal palavra-chave do seu segmento, descrita no domínio. Isso porque os algoritmos do “Google” e até mesmo do “Cade”, rastreavam   sites também através do que o seu domínio dizia.

Essa técnica ficou antiquada! Totalmente obsoleta!

 Não se baseie diretamente em palavras-chaves ao longo do domínio não é mais motivo de ranqueamento. Entretanto, existem uma série de normas e orientações quando o assunto é SEO e Domínio. Entre branding e quantidade de palavras possíveis, você realmente ainda tem muito que aprender sobre domínios!

Dicas e orientações importantes sobre domínio e SEO 

Vamos começar a conhecer técnicas e diretrizes de domínio baseado em técnicas para SEO? Pegue seu papel e sua caneta por que as dicas que vamos dar o ajudará bastante no processo de criação e escolha de seu domínio, que vai muito além do que um simples nome depois de um www.

Então, veja abaixo orientações importantes sobre domínio e SEO:

Branding: Seu domínio e SEO

A primeira e uma das mais importantes orientação dada durante esse artigo é: Antes de pensar em SEO, pense em Branding! Um passo de cada vez é fundamental para chegarmos onde precisamos. 

Quando você põe frases corridas que envolvam apenas as keywords do seu segmento, você está deixando de passar um ponto fundamental para conseguir os objetivos de seu projeto, uma Marca! 

Diversos testes e por experiência própria, um projeto que carregue o nome de uma marca se sai melhor do que um domínio que contenha palavras-chaves. A marca passa uma identidade e autoridade fundamental para que se tenha um retorno positivo.  

Primeiramente, antes de pensar em SEO, pense em branding! Decidir a construção de uma marca coesa e que tenha um nome atrativo .

Você sabe o que é copywriting ? Use no domínio

Imaginamos que você tenha um mínimo conhecimento sobre copywriting!

Não estamos falando sobre direitos autorais ( copyright ). Estamos falando de conteúdo estratégicos que são produzidos com total intenção de atrair, engajar e/ou converter em vendas o seu tráfego.

Em   poucas palavras, seu domínio tem que ter um pouco de copy, se for possível. O nome da sua marca deve transformar uma simples leitura de domínio em uma vontade de conhecer melhor do que se trata. 

Combinar o nome da sua marca + alguma palavra-chave raiz de seu nicho pode ser uma escolha interessante. Que tal juntar isso tudo?

Exemplo de copywriting e SEO no domínio:

www. (marca) + (palavra-chave/copy) . com (…)

Marca: Cacau – Palavra-chave: Chocolate

www.cacauchocolates.com.br 

Lógico que tudo isso é um básico exemplo para que vocês possam entender melhor a ideia! 

Qual tamanho pode ter meu domínio? 

Uma dúvida mortal na hora de escolher o domínio desejado. Recebemos uma chuva de perguntas como essa: “ Tico, qual pode ser o tamanho do meu domínio?”

Para ser bem sincero, não existe uma fórmula de bolo para tamanhos de domínio, entretanto, existem sim um padrão aceitável. Você deve entender que quanto menor, possivelmente será melhor! Obviamente, desde que não atrapalhe a construção do nome de sua marca. 

Evite passar de mais de 15 a 17 letras na raiz de seu domínio. Caso seja necessário, corte a palavra-chave e deixe somente o nome da marca. Dessa maneira, você estará dentro das diretrizes apontadas com maior retorno em tráfego. 

Domínio: Qual extensão escolher?

As extensões de domínios, podem ser tanto para identificar o país em que o site “se encontra” ou até mesmo do que se trata o site em questão. Geralmente, uma infinidade de extensões de domínios aparecem em sua frente na hora de você finalizar a compra. Isso gera uma dúvida comum em todos nós.

Veja exemplos de extensões de domínio:

  • .com
  • .com.br
  • .net
  • .info
  • blogspot.com
  • .tv
  • entre outros

Percebeu que as extensões se mostram bem orientadoras do que se trata o site? A dica que temos a lidar é: o .com.br continua sendo a escolha que gera mais atração e confiança para sites institucionais ou de vendas. 

Porém, nada lhe impede de ter um .com.br e compre outras variações de domínios para diferentes funções com o site. 

veja abaixo um bom exemplo de extensões de domínio:

  • cacauchocolate.com.br (institucional/venda)
  • cacauchocolate.info (domínio para o blog da suposta loja)
  • cacauchocolate.com (domínio com toque internacional)
  • cacauchocolates.tv ( vídeos e podcast)

Você pode ter apenas a versão do .com.br! Entretanto, ter esses domínios pode lhe ajudar com hiperlinks, autoridade, grandeza frente ao cliente e  até mesmo nível de organização. 

Identidade visual e de conteúdo

Percebeu que terá que combinar identidade visual e conteúdo? Sua marca deve ser entendida, se possível, a partir da leitura do domínio, desde que isso não faça do seu domínio um parágrafo. 

Exemplo

www. tocachurrascaria .com.br

Como você pode avaliar, de primeiro momento já dá para entender que se trata de um site voltado para informações sobre uma churrascaria fictícia chamada Toca. Foque em passar essa idéia para seu tráfego.

Facilidade de acesso 

Não invente de usar um nome imenso em  seu domínio. Qual é a chance de seu cliente lembrar do nome algum tempo depois de acessar o site?  Você precisa facilitar, de toda as maneiras possíveis, a vida de quem é seu público-alvo. 

Nem pense em colocar nome difíceis em seus domínios, isso também é de uma negativa enorme. Já pensou quantas pessoas escreveriam o site de maneira errada ou até mesmo se esqueceria o nome?

Tente algo fácil, curto e de tranquila lembrança. Essa será uma boa maneira de atrair e fidelizar seu tráfego.

Criatividade

A criatividade será um ponto forte para construção tanto do nome do domínio, mas principalmente na hora de criar sua marca. Hoje a SEO de Verdade é conhecida apenas por seu nome, antes era apenas um termo pouco usado no mundo SEO. 

Você não precisa buscar o nome da sua marca na Lua ou até mesmo precisa ter a inspiração de Leonardo Da Vinci. Você só precisa de algo criativo e que dialogue com seu público.  Use de sua criatividade e recolha os frutos em tráfego qualificado.

O que não fazer na hora de escolher o domínio?

Acima, citamos diversos pontos fundamentais para a produção, construção e escolha do seu domínio. Mas não é só isso! Para além de saber o que você precisa fazer, você realmente terá que aprender o que não fazer no seu domínio se quiser um site bem posicionado em plataformas de busca como o Google. 

Vamos as dicas? Veja abaixo:

Nomes estranhos, difíceis ou longo

Dissemos acima, entretanto, resolvemos reforçar: Não use nomes estranhos, longos ou difíceis para a construção de seu e-mail. Isso não será nada positivo a sua marca. O que gerará um reflexo expressivo em SEO. 

Exemplo:

www. brasilsharktrilxtinvestiment . com . br

Fez algum sentido o domínio acima? Passou confiança ou representou algo chamativo? A parte de “investiment” pode até ter lhe remetido ao segmento, porém, precisamos convir que nomes grandes, difíceis ou até mesmo longos, poderá ser um grande tiro no pé para o funcionamento de seu negócio.

Frases com palavras-chave – Linkability

As frases com palavras-chaves por sí só, não é nada interessante. Com toda minha experiência em SEO e no mundo digital, posso te garantir que para um projeto duradouro e com grandes retornos, não será interessante um site constituído apenas de palavras-chaves. Isso não passará confiança a seu tráfego.

Se a sua intenção é apenas captar tráfego e levar ao seu site principal, isso poderá até ter alguma serventia. Mesmo assim, minha orientação pessoal é que você construa e fortifique um nome de sua Marca. Só assim terá um projeto duradouro e lucrativo. 

Evite hífens e números

Domínio não é e-mail! Esqueça o uso de hífens e números. Não use este tipo de código para seu domínio. Não fica visualmente bonito, é facilmente esquecido e não lhe ajudará basicamente em nata. 

Evitar hífens e números é um passo importante para que a escolha do  seu domínio seja a melhor possível. 

Portanto, o artigo acima veio com o intuito de te trazer dicas básicas e fundamentais na hora de escolher e comprar seu domínio. Escolha um domínio mais curto possível. O nome da sua marca deve contar no domínio. Se possível, acrescente uma das palavras-chaves principais. Evite usar apenas palavras-chaves em seu domínio. De jeito nenhum, opte por usar números e hífens em seu domínio.  

Quer saber do básico ao hack sobre SEO? Venha aprender a gerar tráfego para qualquer projeto no SEO de 0 a 100 VIP!